Barroco no Brasil – Resumo da Arte Barroca

O Barroco no Brasil foi um movimento artístico literário que teve seu auge entre os anos de 1720 e 1750. O Barroco é caracterizado pela grande influência católica e pela contraposição da religiosidade com a racionalidade em todos os seus aspectos.

Por isso, a arte barroca no Brasil dá ênfase à questão do cristianismo através das pinturas nos tetos dos templos, que tentam aproximar o homem de Deus, nos poemas e outras expressões literárias. Sempre abordando também a questão da fé e da razão na arte.

Resumo da Arte Barroca no Brasil

A Arte Barroca no Brasil teve início do século XVII pelos jesuítas numa tentativa de catequizar e aculturar os índios. Mas ela surgiu na Itália durante a Reforma Protestante.

A publicação do poema “Prosopopeia”, escrito por Bento Teixeira, é considerado o marco inicial do movimento Barroco no país.

Na época em que esse estilo chegou aqui, já havia mais ou menos um século que os portugueses estavam colonizando o Brasil. Enquanto a Arte Barroca portuguesa era sofisticada, erudita e rica, a brasileira era rudimentar, mestiça e ingênua, porque era produzida por artesãos com poucos estudos (diferente dos artistas portugueses), mulatos e índios.

Durante o desenvolvimento do barroco no século XVIII aconteceu o Ciclo do Ouro, que foi o período que a extração e exportação do ouro se tornou a principal fonte econômica e também um dos principais objetos usados nas expressões artísticas.

Teve uma forte influência católica, sendo considerada a arte do contraste e do conflito entre fé e razão, corpo e alma, vida e morte. As obras sempre transmitiam a ideia de que a vida era a condução para a morte, que tudo era passageiro e mudava.

Ao mesmo tempo que expressava espiritualidade e teocentrismo, expressava a racionalidade e o antropocentrismo, frutos do Renascimento Cultural.

Principais Autores e Obras do Barroco

Os principais autores e obras literárias do Barroco no Brasil são:

Gregório de Matos:

Um dos maiores poetas e críticos da sociedade, do governo e da Igreja Católica. Reúne mais de 700 textos entre poemas líricos, satíricos, eróticos e religiosos. Ele só teve suas obras publicadas no século XX, muito depois da sua morte, pela Academia Brasileira de Letras.

Suas principais obras são:

  • Soneto VII;
  • As Coisas Do Mundo;
  • A Jesus Cristo Nosso Senhor;
  • Anjo Bento;
  • Senhora Dona Bahia

Padre Antônio Vieira:

Produzia prosas, criticava bastante o despotismo dos colonos portugueses e defendia que o Protestantismo iria influenciar negativamente a colônia brasileira. Além de prosas, ele escrevia cartas e profecias e era muito famoso por seus sermões.

Suas principais obras são:

  • Sermão de Santo Antônio aos Peixes;
  • Sermão Pelo Bom Sucesso das Armas de Portugal;
  • Sermão da Quinta Dominga da Quaresma;
  • Sermão do Espírito Santo;
  • Sermão do Bom Ladrão

Botelho de Oliveira:

Poeta, advogado e político, foi o primeiro autor nascido no Brasil que teve um livro publicado.

Suas principais obras são:

  • Mal Amigo;
  • Música Do Parnaso;
  • A morte Do Padre Vieira;
  • Ponderação Do Rosto E Olhos de Anarda;
  • Encarece A Fineza Do Seu Tormento.

Frei Manuel de Santa Maria Itaparica:

Foi um poeta, orador e religioso que foi muito influenciado por Luís Vaz de Camões. Viveu entre 1704 e 1768.

Suas principais obras são:

  • Eustáquidos;
  • O Oriente Conquistado a Jesus Cristo;
  • À Morte De Sua Majestade Fidelíssima;
  • A Caça Da Baleia;
  • Descrição Da Ilha de Itaparica.

Nuno Marques Pereira:

Padre e escritor que só tem uma obra registrada, chamada de “Compêndio Narrativo do Peregrino da América”, que foi um livro muito lido durante o Período Colonial.

Bento Teixeira:

Foi autor do texto “Prosopopeia” que deu início a literatura barroca e tudo indica que essa foi a sua única obra também.

Pintura Barroca

Na pintura, assim como em todos os outros aspectos do estilo barroco, tinha a questão religiosa quase sempre envolvida. As pinturas feitas nos tetos eram profundas e davam uma ideia de céu para tentar aproximar o homem do divino.

As cores mais usadas eram o vermelho, o branco, o dourado e o azul.

Nessa época, muitas pinturas começaram a ser encomendadas como forma de agradecer alguma benção que tinha acontecido na sua vida e isso fez com que os artistas tivessem mais trabalhos e a pintura fosse desenvolvida.

Mestre Ataíde e José Teófilo de Jesus são os pintores mais conhecidos desse período.

Características do Barroco no Brasil

As principais características do Barroco no Brasil são:

  • A valorização da simetria, da proporcionalidade, da racionalidade e do equilíbrio;
  • Apresenta uma contraposição entre o teocentrismo e o antropocentrismo;
  • Na literatura, há o rebuscamento na linguagem, onde é usada muitas metáforas, hipérboles, antíteses e alegorias;
  • Há a demonstração do conflito existente entre os ideais do renascimento e a ética cristã;
  • Presença de riqueza de detalhes nas artes, principalmente na escultura e na arquitetura.

Arquitetura Barroca no Brasil

A arquitetura Barroca foi muito marcada pela construção de igrejas, catedrais e monastérios. Mas também foram construídas residências como edifícios particulares e mansões, todas mostrando em detalhes a influência da religiosidade cristã.

As igrejas possuem em suas estruturas abóbadas, arcos e contrafortes. Os altares geralmente são decorados com flores, monstros, anjos de cabelos encaracolados e espirais. Como foram feitas durante o chamado Ciclo do Ouro no Brasil, elas possuem muita quantidade de ouro na decoração do seu interior.


Leia também:

Características do Barroco

Principais Autores do Barroco

Arcadismo no Brasil – Resumo

Barroco e Arcadismo

Exercícios – Barroco e Arcadismo