Características das obras de Gil Vicente

Gil Vicente tem em sua obra criações que se seguem às primeiras manifestações do teatro ibérico popular, sendo que a sua primeira fase de produção teatral conta com a presença de temas pastoris com a influência de Juan del Encina os quais irão ficar mais restritos com a evolução da criação deste autor ganhando com isso temas mais variados e diversos.

Conheça as obras de Gil Vicente

A sua vasta obra foi dividida na primeira compilação feita pelo seu filho Luís Vicente nos seguintes tipos:

– Autos e mistérios: referentes às obras relacionadas com assuntos de caráter mais sagrado, reliogoso e de devoção a uma entidade sobrenatural;

– Farsas, comédias e tragicomédias: relacionadas com textos direcionados à vários assuntos do cotidiano da população com caráter mais popular e muitas vezes profano.

Além desta classificação é possível identificar nos textos produzidos por Gil Vicente uma grande diversidade de tipos como os seguintes:

– Auto pastoril: histórias com temas mais simples e inocentes representados em uma região mais natural e bucólica;

– Alegoria religiosa: se refere à menções criadas tendo como referência ensinamentos variados contidos na educação religiosa;

– Narrativas bíblicas: consistiam em textos relacionados com histórias e casos presentes na Bíblia Sagrada de forma bem fidedigna;

– Farsas episódicas: se refere a um tipo de teatro no qual as pessoas que morreram há pouco tempo vão surgindo e se misturando com figuras criadas pela imaginação do autor;

– Autos narrativos: eram peças teatrais em seu formato mais particular para contar histórias e narrativas criadas e sem nenhuma existência real antes da elaboração pelo autor em questão.

E então, o que achou das obras de Gil Vicente?

Atualizado em: 27/10/2017 na categoria: Literatura