Ciclo do Café

O ciclo do café foi um período histórico no país, no qual o café e seus derivados eram os principais produtos de exportação. Isso ocorreu entre 1800 e 1930, ocasionando lucros imensos para o Brasil.

As plantações eram concentradas na região sudeste, no Vale do Parnaíba, localizado entre São Paulo e o Rio de Janeiro. A região contava com todas as condições necessárias para o cultivo do grão, desde a regularidade de chuvas, até a temperatura e a fertilidade dos solos.

Após a produção se concentrar naquela região, os plantios se estenderam para a região sul, no interior do Paraná, local onde o solo predominante é a terra roxa. A produção também se estendeu para o interior de São Paulo.

O Auge do Ciclo do Café

Esse período em que o café era o principal produto de exportação e dava sustentação a economia brasileira foi muito importante para a economia nacional e para o desenvolvimento do país, proporcionando um grande crescimento interno.

Além disso, o Brasil exercia um amplo domínio no mercado internacional de café, pois era daqui que saía a maior oferta do produto para o mundo todo, o que proporcionava o controle de preços.

Declínio do Ciclo do Café

Porém, em 1929, os Estados Unidos sofreram com uma crise econômica que fizeram com que os preços do café despencassem, pois, a procura pelo produto diminuiu bastante. Com isso, o Brasil não teve como escoar a produção de café, o que ocasionou na quebra da economia cafeeira.

Atualizado em: 04/09/2019 na categoria: Historia do Brasil