Climatologia Geográfica

A climatologia geográfica é o ramo da geografia que estuda o clima, baseado em anos de análise e captação de informações do tempo. A climatologia geográfica oferece conhecimento acerca de estações, chuvas, sol, pressão atmosférica, furacões, geadas e outros elementos climáticos.

São pelo menos 30 anos estudando o comportamento do tempo para a climatologia poder definir qual o clima de um determinado lugar. Esse estudo envolve a observação de variações de temperatura e da umidade, do tipo de precipitação (chuva, neve, granito, orvalho ou geada), das características das estações, da radiação solar, da maritimidade e continentalidade.

No início a climatologia não oferecia dados muito precisos, mas com o surgimento da tecnologia ela foi favorecida, principalmente com a criação dos satélites, porque ajudaram a fornecer informações mais certas a curto e longo prazo em relação ao clima.

Qual a importância da climatologia geográfica?

A climatologia geográfica é importante porque ela oferece dados dos locais que são importantíssimos para o desenvolvimento da agricultura, economia, arquitetura e para toda a dinâmica social.

É através dela que um agricultor pode escolher qual o tipo de cultivo é mais apropriado para a sua terra, dependendo, por exemplo, dos períodos mais chuvosos, quantidade de chuva e temperatura do local. Ele fica sabendo dos melhores períodos do ano para plantar e também o quanto plantar.

O estilo de casas de um determinado local é outro elemento que depende da climatologia geográfica. Dependendo do clima, as construções podem ter telhados mais inclinados ou mais alinhados, podem ter materiais diferentes e estruturas também.

Para planejar uma cidade, uma viagem, construir indústrias, comércios, resorts, também dependemos do clima e tudo isso diz respeito à economia.

Além de tudo isso, a climatologia geográfica nos fornece estudos a respeito de como o clima mudou por causas das ações antrópicas, principalmente com a industrialização, urbanização e poluição e isso é muito importante para entendermos os impactos que causamos nos ciclos naturais e como podemos evitar futuras mudanças drásticas nesses ciclos.

Qual a diferença entre climatologia e meteorologia?

Para entender a diferença entre a climatologia e a meteorologia é importante entender a distinção de dois conceitos importantes que são:

Tempo – o estado atmosférico do momento em um determinado lugar.

Clima – o estado médio do tempo atmosférico num determinado lugar por um longo período (30 a 35 anos).

Assim, a meteorologia estuda o tempo, seus fenômenos e as interações físicas e químicas que acontecem, fazendo até mesmo previsões meteorológicas e lidando com fenômenos mais específicos. Diferente da climatologia, que estuda o clima baseando-se em diversos aspectos que resultam em fenômenos mais gerais e predominantes.

Instrumentos Usados na Climatologia Geográfica

Os instrumentos mais usados pelos climatologistas são:

  • O termômetro, criado em 1593 por Galileu Galilei, que registra a temperatura para fazer análises das variações atmosféricas;
  • O heliógrafo, que serve para observar o número de horas de brilho solar e radiações durante o dia em um determinado local, que vai ser muito importante na definição das condições energéticas da superfície e, consequentemente, do clima;
  • O termógrafo, que dá seus valores em Celsius, é usado para registar mudanças na temperatura do ar;
  • O higrógrafo, faz a medição da umidade relativa do ar, expressando-a em porcentagens.

Leia também:

Clima – Classificações Climáticas do Brasil

Determinismo Geográfico ou Ambiental

Climas do Continente Americano