Equilíbrio químico: entenda como determinadas reações acontecem

Em algumas cavernas do nosso ecossistema conseguimos encontrar estalagmites e estalactites que são aquelas formações que tem uma semelhança com colunas que descem do teto e se matem no chão. Como será que ocorre o surgimento dessas formações? Isso pode ser explicado através de um equilíbrio químico. A equação eu mais demonstra o surgimento dessas formações na química é a seguinte:

Equilíbrio químico

Talvez não de para compreender muito bem o que isso tem a ver com a formação das estalactites e a estalagmites. Mas para que as coisas possam ficar bem mais claras e fáceis de entender, veja abaixo, de um modo mais completo, as equações que definem de um jeito mais amplo e fácil essas duas formações (estalagmites e estalactites):

O CaCO3 (carbonato de cálcio) que podemos encontrar nas rocha, quando tem contato com a água da chuva que é extremamente ácida que contem o H2CO3 (ácido carbônico). Com a junção do carbonato e com a agua da chuva, consegue-se o resultado de uma solução aquosa com íons cujo sua equação é:

Ca2+(cálcio) e HCO3– (bicarbonato)

A formação das estalagmites e estalactites dependem muito da reversibilidade das reações químicas, porque a água mineral que podemos encontrar nas cavernas liberam o CO2, fazendo com que o CaCO3 seja liberado novamente.

Podemos ver que irá acontecer a formação de produtos

Ca2+ (aq.) + 2HCO3(aq.)

E ao mesmo tempo também surgem outros reagentes como:

CaCO3(s) + CO2 (g) + H2O(l)

Como podemos explicar isso?

As reações que apresentam todas essas características podem ser explicadas através do equilíbrio químico. Entre todas as equações citadas acima, a que melhor representa a reação do equilíbrio é a primeira

Ela se torna a equação mais correta e adequada porque podemos ver a presença das setas que quer representar uma reação em equilíbrio.

As reações que apresentam essas características são explicadas pelo equilíbrio químico. Nesse sentido, a representação mais acertada das três fórmulas acima é a primeira, pois a seta  representa uma reação em equilíbrio.