O que Significa o Isolacionismo?

Isolacionismo é um tipo de política adotada por um país, na qual ele se abstém de quaisquer acordos ou relações internacionais.

Essas atitudes são consideradas extremistas pelos demais países, pois torna difícil o estabelecimento de uma diplomacia e pode prejudicar seriamente o desenvolvimento do país isolado.

O isolacionismo tem caráter político e social, cujo principal objetivo a proteção da economia, da cultura ou da política local, evitando intervenções internacionais pretensiosas ou nocivas.

Os casos de Isolacionismo ao longo da história chegaram ao fim, seja por desgaste econômico, ou por exigências internacionais nada pacíficas. Dentre os países que já adotaram essa medida, os mais conhecidos são a União Soviética, o Japão e os Estados Unidos.

Isolacionismo Americano e Soviético

O isolacionismo americano teve início pouco antes da 2ª Guerra Mundial, quando os Estados Unidos começaram a notar uma hostilidade nas relações no continente europeu.

Sendo assim, o governo optou por se manter afastado desses conflitos e focar no desenvolvimento interno do país. Porém, após um ataque japonês a uma base militar estadunidense, o país se viu obrigado a entrar na guerra já 2 anos após o seu início.

No caso da União Soviética, o socialismo interferiu diretamente na política isolacionista local. Com a morte de Lênin, surgiram várias dúvidas a respeito de quais tipos de relações o governo soviético deveria manter com os demais países, pois acreditava-se que um governo socialista deveria se fortalecer internamente antes de abrir suas portas para relações internacionais.

Sendo assim, após a tomara do poder por Stalin, o país tornou-se ditatorial e adotou uma espécie de isolacionismo relativo, pois temia que ideias contrárias ao regime penetrassem no país, ameaçando a soberania do governante.

Isolacionismo no Japão

O isolacionismo japonês foi bastante duradouro e extremo, pois o país impedia a entrada de imigrantes no país, e também a saída de seus moradores. O governo acreditava que, ao fazer isso, preservaria sua cultura e bem-estar social.

Tal política de manteve por quase 300, até que o governo se viu obrigado a abrir as portas de sua economia e manter relações diplomáticas e comerciais com outros países.

Atualizado em: 04/09/2019 na categoria: História Geral