O Crescimento dos Estados Unidos

Após a crise de 1929, com a quebra da Bolsa de Nova York, houve uma retomada da acumulação de capital que se desdobrou em um longo boom, consolidado após a II Guerra Mundial. Este período foi marcado por uma grande depressão econômica, sendo considerado o pior e mais longo período de recessão econômica do século XX, com altas taxas de desemprego, a queda do produto interno bruto de diversos países, assim como baques na produção industrial e no valor de ações.

Países do mundo todo tais como Alemanha, Holanda, Austrália, Reino Unido, Austrália, Itália, França e Canadá, sentiram seus efeitos. O Brasil também foi seriamente atingido, em virtude dos Estados Unidos serem o maior comprador do café brasileiro, que do dia pra noite teve seus preços muito diminuídos. Ao mesmo tempo, esse fato promoveu investimentos no setor industrial, que alavancaram a indústria brasileira.

Em 1933, o presidente americano Delano Roosevelt aprovou uma série de medidas que iriam ajudar a minimizar os efeitos da recessão. Assim, o programa de recuperação da economia norte-americana intitulado New Deal inaugura uma nova macroestrutura socioeconômica capitalista. A essência do New Deal era a ideia de que os grandes governos deveriam gastar com liberdade para conquistar a segurança e o progresso. Assim, a segurança do pós-guerra exigiria certa liberdade de desembolsos por parte dos Estados Unidos, a fim de superar o caos criado pela Primeira Guerra.

Configurou-se o sistema monetário de Bretton Woods (padrão dólar-ouro), a partir de três elementos fundamentais: a) taxas fixas de câmbio, mas ajustáveis, em virtude de “desequilíbrios fundamentais” associados aos balanços de pagamentos; b) a aceitação do controle dos fluxos de capitais internacionais; e c) a criação do FMI para monitorar as políticas nacionais e oferecer financiamento para equilibrar os balanços de pagamentos. Esse acordo tinha como objetivo reger a política econômica mundial. Como os EUA detinham 70% das reservas internacionais de ouro, esse fato veio a legitimar decisões tomadas no novo sistema, contribuindo para os anos dourados do capitalismo americano.

12345 (SEM VOTOS, VOTE!)
Loading...Loading...

Faça um comentário!