» » O que foi o Iluminismo?

O que foi o Iluminismo?

Conhecido também como século das luzes, o iluminismo foi um movimento intelectual ocorrido entre os séculos XVII e XVIII, principalmente na Inglaterra, Holanda e França.

Suas principais ideias giravam em torno da liberdade política e econômica, com defesa da burguesia. Encabeçadas por filósofos e economistas que acreditavam estar propagando luz e conhecimento, as noções ficaram conhecidas como iluministas.

Os avanços do iluminismo, em conjunto com a Revolução Industrial em andamento, lançaram as bases para a Revolução Francesa, que aconteceu entre 1789 e 1799.

Durante essa época, também aconteceu uma série de avanços científicos, em campos como biologia, química e astronomia.

Características do iluminismo

  • Valorização da razão para alcançar o conhecimento;
  • Valorização da investigação e do questionamento;
  • Valorização das leis naturais;
  • Valorização dos direitos naturais, como vida, liberdade e propriedade;
  • Oposição ao absolutismo, mercantilismo e privilégios da nobreza e do clero;
  • Defesa da liberdade política e econômica;
  • Critica à Igreja Católica.

Pensadores iluministas

Um dos precursores do iluminismo foi o matemático francês René Descartes, visto como o pai do racionalismo e figura central na Revolução Científica. Com sua obra “Discurso do método”, recomendava a dúvida racional, para alcançar a real compreensão do mundo. É o autor da célebre frase “Penso, logo existo”.

Durante o iluminismo, se destacaram ainda os estudiosos:

  • Isaac Newton, com a formulação da lei gravitacional universal;
  • John Locke, que defendia a teoria do governo limitado, com a substituição de representantes que abusassem do poder;
  • Franz Bacon, responsável por criar a experimentação científica, incitando que as conclusões fossem comprovadas na prática;
  • Voltaire (François-Marie Arouet), que levantava a bandeira da liberdade de pensamento e de expressão;
  • Montesquieu (Charles-Louis de Secondat), era a favor da separação dos poderes (executivo, legislativo e judiciário);
  • Jean-Jacques Rousseau, que fazia críticas à burguesia e à propriedade privada.

Essas e outras ideias dos pensadores e cientistas foram organizadas pelos iluministas Diderot e D’Alembert na “Enciclopédia”, uma obra volumosa.

Com a difusão dos ideais iluministas, foi possível modificar a mentalidade da sociedade europeia.

Atualizado em: 05/12/2018 na categoria: História Geral