Vitórias do Eixo

A primeira fase da guerra se estendeu da campanha da Polônia, em 1939, à invasão da União Soviética, em 1941. Após a ocupação da Polônia pela Alemanha nazista, o fim do ano de 1939 se caracterizou pela sitzkrieg  “guerra de mentira” A França e a Inglaterra evitaram um ataque frontal à Alemanha, pretendendo levá-la à capitulação por meio de um bloqueio econômico que não surtiu efeito.

1940 a Alemanha passou à ofensiva, substituindo a sitzkrieg pela blitzkrieg  “guerra-relâmpago”. No inicio desse ano, com uma operação combinada  naval, aérea e terrestre  a Alemanha ocupou a Dinamarca, empreendendo, paralelamente, a invasão da Noruega. A conquista dos dois países escandinavos visava a dois objetivos estratégicos: o primeiro era assegura a proteção do comércio de ferro com a Suécia, realizado através do porto norueguês de Narvik; o segundo, assegurar posições vitais para a guerra naval contra a Inglaterra. O sucesso da campanha da Noruega representou um sério revés para a Inglaterra na luta com a Alemanha, trazendo como conseqüência a substituição de Chamberlain por Churchill como primeiro-ministro da Grã-Bretanha.

Em maio de 1940, a invasão da Holanda assinalou o inicio da ofensiva nazista na frente ocidental. Paralelamente, realizou-se a invasão da Bélgica e o cerco das tropas franco-britânicas em Dunquerque, cidade portuária francesa. Mesmo sob intenso bombardeio da Luftwaffe (força aérea) alemã, grande parte dos efetivos encurralados foram transportados para a Inglaterra na célebre operação naval conhecida como Retirada de Dunquerque. Ao mesmo tempo, as divisões frízer (unidades de tanques) alemãs haviam rompido a Linha Maginot, sistema de trincheiras construídas na fronteira com a Alemanha, e desencadeado a invasão da França.

A 14 de junho, Paris era declarada cidade aberta” e oito dias depois, com a assinatura de um armistício em Compiégne, consumava-se a capitulação da França. Pouco antes, a Itália havia declarado guerra à França e entrado no conflito ao lado da Alemanha. A França ficou dividida em duas áreas: urna zona de ocupação, submetida ao domínio nazista; e uma zona livre”, governada pelo regime colaboracionista de Vichy.

AS de agosto de 1940, com o bombardeio maciço do parque in&dustríal e das cidades inglesas pela Luftwaffe, iniciou-se a bata lhe da Grã-Bretanha. Essa batalha aérea prosseguiu até 27 de setembro quando, com a neutralização dos ataques nazistas, a

RAF (força aérea inglesa) passou a realizar incursões em território alemão- A derrota da Alemanha nessa batalha obrigou Hitler a adiar indefinidamente a Operação Leão do Mar, cujo objetivo era a invasão da Inglaterra. Referindo-se ao heróico desempenho dos pilotos da RAF nessa batalha, Churchili afirmou: “Nunca, na história dos grandes conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos” –

Em fevereiro de 1941, após o fracasso da ofensiva italiana na África do Norte, a Alemanha desembarcou na Líbia o Atrikakorps, comandado pelo general Rommel. Seu objetivo era a conquista do canal de Suez, cortando assim as rotas vitais da Inglaterra e isolando-a de seu império colonial. Ao mesmo tempo, processou-se a adesão da Hungria, da Romênia e da Bulgária às forças do Eixo. A ocupação da Iugoslávia e da Grécia completou em maio de 1941 o isolamento da Inglaterra. Nessa época, o nazifascismo dominava virtualmente toda a Europa.

Atualizado em: 27/10/2017 na categoria: História Geral