Ficha de Leitura: Modelos prontos e sugestões de uso

Considerando a importância tanto da leitura quanto de sua devida interpretação, nesse post vamos focar em falar sobre a Ficha de leitura, também chamada de Ficha literária. Assim, traremos modelos prontos e também maiores informações que podem te ajudar a utilizá-los.

Para conferir, basta seguir dando uma olhadinha no post abaixo que está bastante completo e ainda vai facilitar a organização do seu plano de aula, olha só:

O que é uma ficha literária?

Esse tipo de ficha é basicamente um meio simplificado, com questões pré estipuladas, para que se torne possível registrar as leituras realizadas de forma mais completa, citando pontos que podem ser respondidos somente diante do seu entendimento.

É um modelo simples mas bastante útil onde podem estar informações mais técnicas da obra como número de páginas e autor, além de ter a presença de detalhes como um breve resumo sobre o que foi entendido acerca da mesma.

Como se faz uma ficha de leitura?

Se você já gostou da ideia e quer fazer essa ficha, te contamos exatamente o que precisa ter em uma ficha de leitura, vamos lá!

Nesse sentido, é preciso considerar o que julga mais importante para o entendimento do texto, sendo possível mencionar aspectos como o contexto social dos personagens, mudanças que ocorrem ao longo da história e o que foi aprendido com ela.

Outros pontos interessantes incluem o reconhecimento dos personagens e local onde se desenvolve a história, bem como dados sobre a autora, número de páginas lidas e o período no qual isso foi feito, permitindo com que também possa acompanhar evoluções futuras nesse sentido.

E claro, uma das partes mais necessárias é o nome do livro, o que geralmente consta logo como uma das principais informações a serem citadas na ficha.

Exemplos de Ficha de Leitura:

Usar uma ficha como essa é um meio bem legal de acompanhar os livros que estão sendo lidos, fixando melhor o conhecimento que foi adquirido com relação a eles.

Além de poder fazer parte da rotina escolar, é interessante que essa prática seja incentivada também fora da escola, fazendo com que a leitura ocorra de forma mais constante.

Dessa forma, podemos evidenciar alguns dos principais objetivos da ficha de leitura, que se referem não somente a melhora da leitura mas também aos avanços que podem ser percebidos na escrita.







Há uma ideia de que um bom leitor logo consegue se tornar um bom escritor, e no caso da ficha de leitura as duas habilidades caminham com certa proximidade, sendo essenciais e evidenciando o trabalho conjunto que podem realizar.







Outro detalhe é que saber que essa ficha será preenchida posteriormente acaba incentivando as crianças a terem uma maior atenção na leitura, pois vão levar em consideração que querem demonstrar que realmente entenderam tudo sobre.

Desde a alfabetização até a formação escolar, essas fichas se mostram úteis e podem ser utilizadas inclusive como atividades avaliativas, o que pode trazer um engajamento ainda maior por parte da turma.







O que acontece e você precisa se atentar é na forma de abordagem da ficha, que deve estar de acordo com a faixa etária das crianças para que não apresentem grandes dificuldades em seu preenchimento.







Assim, no caso da educação infantil há fichas mais lúdicas, com perguntas mais diretas e espaço para que usem da criatividade para demonstrar aquilo que entenderam e gostaram no livro.

Por exemplo, nesses casos ao invés de exigir alguns parágrafos de resumo, pode pedir um desenho, já que essa também é uma forma de comunicação, mesmo que não verbal.

Gradativamente o preenchimento de fichas como essa se tornará mais habitual, tornando possível que mais questões passem a ser feitas até que utilize um modelo mais completo como esse.







Atualizado em: 17/08/2023 na categoria: Português