» » Principais Autores do Barroco – Quais São?

Principais Autores do Barroco – Quais São?

Os principais autores do Barroco foram Padre Antônio Vieira, Bento Teixeira, Gregório de Matos, Manuel Botelho de Oliveira, Frei Vicente de Salvador, Frei Manuel da Santa Maria de Itaparica e Nuno Marques Pereira, no Brasil. Em Portugal, os principais autores foram:

  • Padre Manuel Bernardes;
  • Francisco Manuel de Melo;
  • Francisco Rodrigues Lobo;
  • Soror Mariana Alcoforado;
  • Antônio José da Silva.

Leia também:

Barroco no Brasil

Características do Barroco

Barroco e Arcadismo
Dentre todos, aquele que é considerado o mais importante para todo o movimento artístico e literário do Barroco foi o Padre Antônio Vieira, chamado de “Imperador da Língua Portuguesa” por Fernando Pessoa.

Principais autores do Barroco no Brasil e suas obras

Bento Teixeira (1561-1618)

A única obra de Bento Teixeira foi justamente a que deu o marco inicial do Barroco no Brasil, intitulada “Prosopopeia”.

Frei Vicente de Salvador (1564-1636)

Frei Vicente de Salvador era cronista e historiador, nascido na Bahia. Foi o autor do livro “História do Brasil”, no século XVII, primeira obra que relatava com riqueza de detalhes a história do país.

Padre Antônio Vieira (1608 – 1697)

Natural de Lisboa, em Portugal, o Padre Antônio Vieira veio para o Brasil aos sete anos de idade e aqui se destacou durante o Barroco por seus sermões polêmicos e suas críticas contra a presença do protestantismo e o despotismo do Governo Português.

Alguns de seus sermões são:

  • Sermão da Sexágésima (1655);
  • Sermão pelo bom sucesso das armas de Portugal contra as de Holanda (1640);
  • Sermão de Santo Antônio aos Peixes (1654);
  • Sermão da Quinta Dominga da Quaresma (1654).

Gregório de Matos (1633-1696)

No Brasil colonial Gregório de Matos foi o principal poeta satírico da literatura na língua portuguesa. Seu apelido era Boca do Inferno devido às grandes sátiras contra os costumes do povo baiano. Sua poesia era ácida e pornográfica, embora algumas de suas obras também apresentassem traços divinos.

Só depois de sua morte é que suas obras foram publicadas pela Academia Brasileira de Letras. Algumas são:

  • Senhora Dona Bahia;
  • Ao Santíssimo Sacramento estando para comungar;
  • Soneto – Carregado de mim ando no mundo;
  • Triste Bahia.

Manuel Botelho de Oliveira (1636-1711)

Manuel Botelho de Oliveira foi o primeiro escritor brasileiro a ter um livro publicado. Além de poeta, era advogado e político. Seu livro publicado em Lisboa em 1705 intitulava-se “Música do Parnaso“, que continha poesias não só em português, mas também em latim, italiano e castelhano. Outras obras incluem:

  • A Ilha de Maré – o poemeto que foi a primeira obra de um autor brasileiro publicada na época;
  • Mal Amigo;
  • A morte Do Padre Vieira;
  • Encarece A Fineza Do Seu Tormento;
  • Lyra Sacra – publicado depois de sua morte.

Nuno Marques Pereira (1652 – 1728)

Nuno Marques era padre e escritor. Sua única obra registrada foi “Compêndio Narrativo do Peregrino da América”, que ficou famosa durante o Período Colonial e rendeu outras edições. Sua escrita tinha cunho moralista.

Frei Manuel da Santa Maria de Itaparica (1704-1768)

Frei Manuel ficou conhecido por sua obra Eustáquidos, de 1769. Sua poesia tinha caráter de inspiração e religiosidade, além da exaltação da terra e da expressão do nativismo. Outras obras incluem:

  • À Morte De Sua Majestade Fidelíssima;
  • A Caça Da Baleia;
  • Descrição Da Ilha de Itaparica.

Atualizado em: 20/08/2018 na categoria: Literatura