Revolução Russa – Causas, Antecedentes e Evolução

As causas da Revolução Russa de 1917 foram o desejo de tirar o czar Nicolau II do poder e a tentativa de instaurar a república liberalista no país.

Revolução Russa – Antecedentes e Evolução

A Revolução Russa iniciou-se no início no século XX, quando a Rússia possuía aproximadamente 150 milhões de habitantes e vivia profundas contradições. O país estava recém-industrializado e sofrendo com a Primeira Guerra Mundial.

Os conflitos sociais eram intensos – chocavam-se uma minoria de grandes proprietários, clero e exército, com a grande maioria (80%) de camponeses que viviam em grande pobreza. Cerca de 40% das terras pertenciam à nobreza, que explorava os camponeses. A dinastia dos romanos estava no poder desde 1462 e governava de forma absolutista através do Czar. O Estado não satisfazia as aspirações burguesas de industrialização e modernização.

Fases da Revolução Russa de 1917


A Revolução Russa apresentou duas fases:

Revolução de Fevereiro – Início da Revolução Russa

Aconteceu em março de 1917, segundo o calendário ocidental. Em 15 de março de 1917, foram os liberais, burgueses e socialistas que faziam parte do conjunto de forças políticas de oposição que depuseram o czar Nicolau II, dando início à Revolução Russa. O czar foi executado, e sua família – mulher e 5 filhos – ficaram em prisão domiciliar até serem igualmente executados.

Em lugar da autocracia (onde o governante detém o poder ilimitado e absoluto), uma república de cunho liberal foi declarada.

Revolução de Outubro

Aconteceu em novembro de 1917, segundo o calendário ocidental. Nessa fase, o Partido Bolchevique, liderado por Vladimir Lenin, promoveu a derrubada do Governo Provisório então declarado, que tinha o apoio de alguns partidos socialistas, e impôs então o governo socialista soviético no país.

Governo de Lenin

Na Rússia da época chamavam-se Bolcheviques os partidários da maioria, revolucionários do partido socialista russo. O grupo de oposição era denominado Mencheviques, considerado a minoria. Ambos tinham seus representantes na Assembléia.

Os bolcheviques organizaram suas forças através do Exército Vermelho. Nos municípios, chamados de Comunas, criaram os”Soviets”, que eram comissões de operários e camponeses.

Lenin (Vladmir llytch Ullyanov) era líder dos bolcheviques e defensor de uma ditadura do proletariado e implantou um período de terror, criou fazendas estatais, acabou com as propriedades privadas e aboliu a religião.

Governo de Stalin

Quando Lenin morreu, subiu ao poder Joseph Stalin, que continuou com a obra do bolchevismo, estabelecendo na Rússia a mais violenta das ditaduras, com a elaboração de metas que seriam cumpridas através de planos quinquenais, que planificaram a economia para transformar a União Soviética numa nação socialista moderna e industrializada.

No meio rural instituíram duas formas de estabelecimentos rurais: os Sovkhozes, que eram fazendas que pertenciam ao Estado, e os Kolkhozes, que eram cooperativas.

Stalin controlava totalmente o Partido Comunista na Revolução Russa, único permitido. Abafou todos os protestos pelo medo, mandando aprisionados para a Sibéria, grande número de líderes políticos e cidadãos que contestavam.



Mais Sobre esse Assunto: