» » Crise Soviética

Crise Soviética

A crise começou a assombrar a União soviética na década de 1980, devido a seu fraco desenvolvimento tecnológico nas industrias de alimentos e bens de consumo a população sofria com falta de itens básicos, causando assim insatisfação e consequentemente grupos separatistas iriam surgindo, afundando a União Soviética em uma crise econômica, social e política.

Logo após a segunda guerra mundial a união soviética tomava lugar de destaque no mundo ao lado de suas inimigas o ideológico, os Estados Unidos da América, ambos haviam sido os maiores vencedores da segunda guerra, conseguiram derrotar os nazistas, se consagravam então as duas maiores potências mundiais, tanto na economia como no poderio bélico.

Como possuíam um poderio bélico muito significativo sabiam que um conflito armado poderia decretar o fim das duas potências, então começaram uma guerra que ficou conhecida como guerra fria. Os Estados Unidos sendo os representantes do capitalismo e a União Soviética representante do socialismo.

Entretanto a União Soviética não conseguia se desenvolver industrialmente como se desenvolvia belicamente, a indústria de consumo civil já não supria os anseios da sociedade, bem como itens básicos começaram a faltar na casa das pessoas. A maior parte dos suprimentos eram consumidas pelas forças militares. Enquanto o mundo capitalista se desenvolvia muito mais rápido e tornava seu setor industrial muito mais eficiente e lucrativo.

O fim da União Soviética

Com a industrias com suas tecnologias ultrapassadas sem conseguir suprir totalmente a sociedade, a União soviética se aprofundava numa crise, já demonstrava sinais evidentes de esgotamento da economia, sem força econômica para disputar a hegemonia mundial com o mundo capitalista.

A população já não confiava mais no sistema imposto, já se encontrava saturada, pois começaram a faltar itens básicos, como pão e vestimentas, então começaram a se rebelar e pedirem democracia e consequentemente a dissolução da União Soviética.

Com a agravamento da crise e seu espalhamento crescente pelos países que compunham o bloco socialista, os países ao poucos foram se dissociando da União Soviética se tornando países independentes, assim decretando o fim da união e consequentemente o término da guerra fria, a vitória dos Estados Unidos mostrava ao mundo a capacidade do sistema capitalista.

Atualizado em: 09/01/2019 na categoria: História Geral