» » O que foi a Ditadura Militar?

O que foi a Ditadura Militar?

Ditadura ou regime militar é qualquer forma de governo autoritário no qual o poder fica nas mãos de militares.

Como começa uma ditadura militar?

Em geral, os regimes militares são constituídos após um golpe de Estado, destituindo o governo anterior. Na época da Guerra Fria, a permanência desse tipo de governo se justificava com a proteção dos países da “ameaça comunista”, principalmente na América Latina. Já na Ásia, a ideia era defender as nações dos “inimigos externos” ou do fundamentalismo islâmico.

Para isso, porém, esse tipo de governo pode até mesmo ignorar as leis de seus próprio país. Outra característica comum que preocupa a sociedade em relação a esse tipo de governo é o fato de os direitos humanos da população serem ignorados, com o silenciamento (muitas vezes, definitivo) dos opositores.

Quem assume o poder em ditaduras militares?

O caudilhismo, feito por governantes de alta patente, era a forma de ditadura mais comum na América Latina. Na África e no Oriente Médio, homens poderosos assumiam esse papel. No Brasil, membros do próprio Exército se mobilizaram para assumir o governo.

Ditadura hoje

Esse tipo de regime tornou-se menos comum a partir da década de 1990, já que os militares perderem um pouco de credibilidade no cenário global. Além disso, parte das forças armadas demonstraram não querer se envolver em assuntos políticos. Por fim, a ameaça comunista também perdeu força após o fim da Guerra Fria e a queda da União Soviética.

No entanto, isso não quer dizer que só de governos democráticos viva o mundo. Exemplos como Coreia do Norte, Cuba e Tailândia mostram que o tipo de governo ainda está bem vivo.

Atualizado em: 04/12/2018 na categoria: História Geral