» » » Movimentos Abolicionistas

Movimentos Abolicionistas

O abolicionismo é o movimento surgido no fim do século XVIII, na Europa, com o objetivo de abolir a escravidão e comércio de africanos. No Brasil, o movimento abolicionista começou a partir da segunda metade do século XIX. Os ideais iluministas eram uma importante ideologia por trás desse movimento.

No entanto, apesar de a marcação oficial desse movimento ser nessa época, durante todo o período em que a escravidão durou, esse processo sofreu duras críticas de alguns membros da sociedade.

Apoiadores do movimento abolicionista

Luís Gama, André Rebouças, Rui Barbosa, Castro Alves e José do Patrocínio (filho de mãe negra) foram alguns dos intelectuais que lutaram pela abolição dos escravos no Brasil. Joaquim Nabuco, em especial, teve papel central, enquanto legislador a favor dos ideais antiescravistas.

Juntos, Patrocínio e Nabuco fundaram a Sociedade Brasileira Contra a Escravidão, em 1880. Além disso, os papas também atuaram contra a escravidão e comercialização humana.

Movimentos abolicionistas populares

No Brasil, a Conjuração Baiana (também conhecida como Revolta dos Alfaiates ou Revolta dos Búzios) foi uma iniciativa popular ocorrida em 1798 que levantou a bandeira da libertação dos escravos, entre outras questões políticas e sociais, como o fim do domínio português no Brasil.

A Revolta dos Malês (realizada em 1835) também buscava obter melhores condições de vida e a liberdade para os escravos.

No entanto, ambos os movimentos foram sufocados e seus líderes punidos.

Medidas contra a escravidão

Nem só de defesas teóricas viviam os abolicionistas. Eles iam para a prática, arrecadando doações para comprar a alforria de escravos, enviavam abaixo-assinados para o governo exigindo leis abolicionistas e imprimiam seus próprios jornais para conscientizar a população sobre a importância do fim da escravidão.

Atualizado em: 16/02/2019 na categoria: Historia do Brasil, História Geral