» » O que é o Intervencionismo?

O que é o Intervencionismo?

O intervencionismo é um sistema de governo no qual a produção se desenvolve através da iniciativa privada, porém o Estado intervém regulando certos aspectos.

No intervencionismo estatal, o papel do Estado se estende até onde a sociedade permite, sendo que sua principal função é assumir as responsabilidades que a iniciativa privada não assumir. Isso acontece porque a economia não é capaz de se equilibrar sozinha, sendo assim, é papel do Estado promover políticas que estimulem o mercado, propiciem o investimento, o aumento do consumo e, assim, a geração de empregos.

O Intervencionismo econômico não deve ser confundido com socialismo, pois no segundo caso, a produção se desenvolve através de iniciativa do governo, assim como toda a economia.

No Brasil, o intervencionismo é conhecido como o direito que o Governo tem de intervir e participar de decisões ligadas aos estados, da mesma maneira que os estados têm o direito de intervir em questões ligadas aos seus municípios.

Intervencionismo e Guerra fria

O termo intervencionismo também pode se referir aos períodos de Guerra Fria, nos quais países realizavam intromissões econômicas e ideológicas no que diz respeito a outros países.

Após a 2ª Guerra mundial, os Estados Unidos e União Soviética protagonizaram um conflito ideológico entre capitalismo e socialismo. Como as duas potências não poderiam se enfrentar diretamente, pois havia o risco das duas se destruírem, deu-se início a uma guerra ideológica, na qual um país intervia ideologicamente nas políticas do outro.

Nesse caso, o intervencionismo era uma prática fundamental para garantir o domínio ideológico – capitalista ou comunista – sobre a economia mundial.

Atualizado em: 04/04/2019 na categoria: História Geral