» » Plano Cohen

Plano Cohen

O Plano Cohen é um documento muito famoso na história, que foi confirmado ser falso logo após a sua publicação.

O documento supostamente conteria um plano de tomada de poder pelos comunistas, com sequestro de militares, derrubando Getúlio Vargas e seu governo autoritário.

O nome do documento foi dado em referência a um líder comunista da Hungria conhecido mundialmente, Bela Cohen.

A verdade por trás do plano Cohen

O verdadeiro propósito do plano Cohen, no entanto, era legitimar o governo do presidente Getúlio Vargas e fortalecer seu poder, dando ao povo maiores razões pelas quais o ditador deveria continuar no comando do Brasil.

O documento foi elaborado, na realidade, por militares aliados e apoiadores de Vargas, fazendo parte do golpe que legitimou o seu governo.

Além disso, ele foi amplamente divulgado na mídia – como sendo de fato obra dos comunistas – o que deu abertura para a perseguição de diversos comunistas supostamente ligados ao plano Cohen e acusados de tramar contra o atual governo.

Como efeito final da divulgação do plano ocorreu a implantação do Estado Novo e a publicação da Constituição de 1937, que marcaram a Era Vargas.

A descoberta do golpe e da armação por trás do plano Cohen só foi divulgada em 1945 pelo general Góes Monteiro, o próprio responsável por sua divulgação, frente à crise do Estado Novo.

Atualizado em: 04/10/2018 na categoria: Historia do Brasil