» » Extrativismo Mineral no Brasil

Extrativismo Mineral no Brasil

No Brasil a prática do extrativismo mineral é de extrema importância para economia, devido a riqueza de minérios existentes no subsolo de diversas regiões do país, são cerca de 50 tipos de minérios explorados no território brasileiro, sendo um dos maiores exportadores de minério do mundo.

A extração ocorre em todos os estados do Brasil, e o país possui uma das maiores reservas geológicas do mundo, uma delas fica situado no estado de Minas Gerais e é chamado de Quadrilátero Ferrífero, onde se explora 70% da produção de ferro no país. Também possuímos a maior reserva de Nióbio do mundo, metal usado na fabricação de turbinas de avião.

Porém, a pratica da exploração mineral é uma das mais danosas ao ambiente, causando alterações significativas e permanentes na natureza.

Extrativismo Mineral na Amazônia

O extrativismo mineral na região da Amazônia tem destaque para o ouro, o estanho, o nóbio, a cassiterita, o ferro e a bauxita.

O extrativismo mineral na Amazônia não é bem visto, pois além de remeter ao trabalho semi escravo, afeta negativamente a paisagem com crateras enormes e danos causados pelas escavações.

Como consequência desse processo, a Amazônia se moderniza com a construção de cidades que, além de consumirem esses bens minerais, podem transformar-se em polos de beneficiamento e transformação mineral.

Atualizado em: 05/01/2019 na categoria: Geografia do Brasil