Movimento dos Caifazes

O Movimento Abolicionista dos Caifazes é uma revolta antiescravista que contou com o envolvimento de diversas camadas da sociedade da época.

Desenvolveu-se em São Paulo, na década de 1880, tomando como principal exigência a libertação dos negros e o fim do sistema escravagista.

Em 1887, foi criado o jornal “A Redempção – Folha Abolicionista, Comercial e Noticiosa”, com o objetivo de divulgar o movimento e apresentar diversas perspectivas de uma discussão compartilhada por toda a sociedade brasileira.

Dentre seus feitos, podemos citar que os participantes do movimento organizaram diversas operações de fuga, ajudando negros a escaparem de seus donos em direção aos quilombos, que também eram mantidos e ajudados pelos abolicionistas.

O Movimento Abolicionista

O Movimento dos Caifazes se conectou com o Movimento Abolicionista, que em 1889 contou com ajuda de vários caifazes e simpatizantes do movimento para sua oficialização.

O movimento também contou com a influência de artistas como Luís Gama, que afirmava que:o escravo que mata o seu senhor pratica um ato de legítima defesa”. Após sua morte, a liderança do movimento passou para Antônio Bento.

Antônio Bento de Sousa e Castro foi o líder do movimento, trabalhando continuamente em roubar escravos e enviá-los para o quilombo de Jabaquara. Durante as viagens, muitas vezes, ele e os demais participantes do movimento abriam suas casas para abrigar os negros. De lá, os escravos eram enviados para a província cearense, onde poderiam viver mais tranquilamente.

A Lei Áurea

Com ajuda de todo o movimento abolicionista, em 13 de maio de 1888 a princesa Isabel assina a Lei Áurea, lei que decretava o fim das leis que consolidavam a escravidão no país, consequentemente libertando os escravos. Sendo assim, muitos dos escravos roubados não precisavam mais fugir, mas sim conseguir emprego.

Com a lei assinada e a abolição decretada alguns dos senhores contratavam seus escravos e pagavam salários fixos, mas a grande maioria dos negros foi marginalizada e, assim surgiram as favelas.

Atualizado em: 14/08/2019 na categoria: Historia do Brasil