» » Ditadura do Proletariado

Ditadura do Proletariado

No sistema política da Ditadura do Proletariado, é a classe trabalhadora quem assume o poder. O termo foi utilizado por uma série de autores, incluindo os idealizadores do marxismo, Karl Marx e Friedrich Engels. Trata-se de um estado democrático, no qual há órgãos de governo de classe e controle por meio de voto.

É considerado ditadura porque prevê o uso dos instrumentos de força e pressão do Estado, quando necessário. Porém, em vez de apenas um homem no governo, como nas ditaduras burguesas tradicionais, os meios de produção seriam compartilhados pela sociedade. Trabalho, educação, saúde e habitação são providos para todos. No entanto, as classes sociais ainda são existentes.

Seria um estágio de transição para o comunismo, após a derrubada do estado burguês pela luta de classes. A relação de opressão se inverteria, com a burguesia sendo dominada (e governada) pelo proletariado. Após esse regime, a sociedade caminharia no sentido da abolição de todas as classes, rumo à sociedade comunista, sem classes.

Karl Marx

Para o alemão Marx, era pouco provável que as elites abandonassem seus privilégios por conta própria. Dessa maneira, seria fundamental recorrer à luta de classes, para a ascensão do proletariado ao poder. Porém, ele enfatizava que essa seria uma etapa intermediária, até a total abolição das classes sociais.

Friedrich Engels

Engels pensava de forma similar a Marx, ao constatar que o emprego da força e violência tiveram papel importante no processo de transformação histórica. Ele defendia o uso de armas também para manter o status de gestão.

Vladimir Lenin

O pensador russo enfatizou a importância de a iniciativa revolucionária do proletariado ser dirigida por um partido de vanguarda, com organização coesa. Estabeleceu o leninismo, uma adaptação do marxismo às condições político-econômicas atrasadas da Rússia do século XX.

Foi o autor de O Estado e a Revolução, lançado às vésperas da Revolução de Outubro. Na obra, dava detalhes de como a ditadura do proletariado deveria acontecer de maneira sangrenta. Para ele, era necessário que o povo continuasse pegando em armas, após a vitória, evitando a retomada da burguesia ao poder.

Críticas à ditadura do proletariado

Críticos, como anarquistas e liberais, defendiam que no regime de ditadura do proletariado haveria a privação de liberdade, como em qualquer outra autocracia.

Atualizado em: 04/04/2019 na categoria: História Geral